Consultar

Loading...

Seguidores

terça-feira, 5 de outubro de 2010

UERJ FACILITA EDUCAÇÃO DOS FILHOS VIA INTERNET


Projeto pioneiro da UERJ facilita a educação dos filhos via internet
noticias :: Por Editor em 04/10/2010 :: imprimir   pdf   enviar   celular 
  Projeto pioneiro da UERJ facilita a educação dos filhos via internet: Escola Virtual dos Pais: webconferências que podem ser acessadas de qualquer parte do mundo Créditos: Divulgação    Começa no dia 2 de outubro de 2010, na capital fluminense, um projeto inédito em todo o mundo no formato de webconferência, que pretende ajudar os pais e facilitar a educação dos filhos, na medida em que permite aos participantes interagirem com os apresentadores durante as palestras. Trata-se da Escola Virtual para Pais - www.escolavirtualparapais.com.br -. O projeto foi idealizado pela pedagoga e mestre em educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Márcia Taborda, e tem a coordenação acadêmica da neuropediatra Heloisa Viscaíno Pereira, professora adjunta do Departamento de Pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ. O projeto oferece, por meio da internet, palestras sobre temas diversificados de interesse na educação das crianças, explicou Márcia Taborda à Agência Brasil. As webconferências visam a auxiliar os pais na orientação das crianças, na identificação de problemas, além de mostrarem como lidar com dificuldades de aprendizagem e escolher uma escola para os filhos. Estão previstas, ainda para este de outubro, webconferências sobre alimentação saudável e transtornos da hiperatividade e déficit de atenção. O acesso às palestras poderá ser feito de qualquer lugar do mundo. FONTE Agência Brasil Alana Gandra - Repórter Aécio Amado - Edição

Links referenciados

Universidade do Estado do Rio de Janeiro www.uerj.br www.escolavirtualparapais.com.br www.escolavirtualparapais.com.br Agência Brasil www.agenciabrasil.gov.br Márcia Taborda buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visual
izacv.jsp?id=K4735750D1

JORNAL AGROSOFT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sintam-se à vontade para enviarem comentários. Solicitamos, tão somente, a gentileza de não fazerem uso de linguagem vulgar.